PERFORMANCE AGRONÔMICA DE GENÓTIPOS PRECOCES DE SOJA DESTINADOS A ÁREAS DE REFORMA DE CANAVIAL

Autores

  • Paulo Rogério Selestrino Graduado em Tecnologia em Biocombustíveis pela Fatec de Jaboticabal.
  • Sandra Helena Unêda Trevisoli Docente do Departamento de Produção Vegetal da UNESP-FCAV-Jaboticabal.
  • Fabiana Mota da Silva Doutorandas do Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas- UNESP-FCAV -Jaboticabal.
  • Elise de Matos Pereira Doutorandas do Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas- UNESP-FCAV -Jaboticabal.
  • Bruno Henrique Pedroso Val Mestrando do Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas- UNESP-FCAV-Jaboticabal.

Palavras-chave:

Glycine max, Rotação soja/cana, Precocidade

Resumo

Com a expansão e a busca por aumento de produtividade nas áreas de plantio da cana-de-açúcar, a soja torna-se uma cultura de interesse econômico para o setor, pois possibilita a renovação dos canaviais. O trabalho teve como objetivo avaliar genótipos de soja, com aptidão para áreas de reforma de canaviais, na região mogiana do Estado de São Paulo. O experimento foi conduzido no ano agrícola 2012/2013 na Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Jaboticabal. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso com três repetições com 37 tratamentos, sendo 34 linhagens e 3 testemunhas (CD 205, IAC 23 e IAC - Foscarin 31). As características avaliadas neste trabalho foram: número de dias para o florescimento (NDF), número de dias para maturidade (NDM), altura da planta no florescimento (APF), altura da planta na maturidade (APM), altura de inserção da primeira vagem (AIV), número de ramos por planta (NR), número de vagens por planta (NV), acamamento (Ac), valor agronômico (VA), peso de cem sementes (P100) e produtividade de grãos (PG). Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Para as características NDF, NDM, APF, APM, NR, NV, Ac, P100 e PG houve significância para o teste de F a 5% de probabilidade, exceto para AIV e VA. Os genótipos 14, 67 e 70, apresentaram alta produtividade de grãos e reduzido número de dias para maturação, aptos para o sistema de rotação soja/cana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMADO, T. J. C.; BAYER, C.; ELTZ, F.L.F.; BRUM, A.C. R e. Potencial de culturas de cobertura em acumular carbono e nitrogênio no solo no plantio direto e a melhoria da qualidade ambiental. Brasileira de Ciência do Solo, v. 25, n. 1, p. 189-197, 2001.

ATHAYDE, M. L. F. et al. Comportamento de cultivares e linhagens de soja no município de Araraquara- SP, em áreas de reforma de canavial. In: SEMINÁRIO NACIONAL DEPESQUISA DE SOJA, 3., 1984, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa/Cnps, 1984. p. 406-411.

BÁRBARO, I.M.; DI MAURO, A.O.; CENTURIM, M. A.P.C.; MACHADO. P. C.; JUNIOR,L.S.B.; Análise genética em populações de soja resistentes ao cancro da haste e destinadas para áreas de reforma de canavieiras. Colloquium Agrariae, v. 5, n.1, p.07-24, 2009.

CÂMARA, G.M.S.; Soja Tecnologia da produção – Piracicaba: Escola Superior Luiz de Queiroz - USP, p.293, 1998.

CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de grãos. 4o Levantamento Grãos Safra 2013/14-Janeiro 2014. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/14_01_10_15_07_19_boletim_graos_janeiro_2014.pdf. Acesso em 28 Jan. 2014.

CRUZ, C. D. Programa GENES - Aplicativo computacional em genética e estatística. Disponível em: . Versão Windows 2007, 2007.

CRUZ, T. V. da et al. Crescimento e produtividade de soja em diferentes épocas de semeadura no oeste da Bahia. Scientia Agraria, v. 11, n. 01, p. 033-042, 2010.

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Tecnologias de Produção de Soja – Região Central do Brasil - 2012/2013. Londrina: Embrapa Soja, 2011, p.261.

ESPINDOLA, S.M.C.G.; FINOLDT, R.S.; FERREIRA, J.A.; KITANO. B.T.; DI MAURO.; A.O.; Avaliação da performance produtiva e agronômica de genótipos de soja para região de Jaboticabal, SP – Agronomia/Agronomy FAZU em Revista: Uberaba. n.8; p.20-24, 2011.

FEHR,W.R.; CAVINESS, J. A.; Stage of soybean development. Ames: Iowa State University 1977, p.11. (Special report 80).

FINOTO, E.L.; SOARES, M.B.B.; CARREGA,W.C.; MICHELOTTO,M.D.; Características Agronômicas de soja cultivada em áreas de reforma de cana crua manejos para destruição de soqueira Resumos da XXXII Reunião de Pesquisa de soja da Região Central do Brasil – São Pedro, SP, agosto de 2011 p.368.

GARCIA, J.C.; Canal jornal da bioenergia, Goiana, maio de 2011, ano 5, nº 56.

GONÇALVES, E. C. P.; DI MAURO, A. O.; CARGNELUTTI FILHO, A. Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de soja conduzidos em duas épocas de semeadura, região de Jaboticabal – SP. Científica, Jaboticabal, v. 35, n.1, p.61-70, 2007.

JÚNIOR, H. M. N., & COSTA, J. A. Contribuição relativa dos componentes do rendimento para produção de grãos em soja. Pesquisa agropecuária. Brasileira, Brasília, v.37(3), 269-274, 2002.

LIMA, E. A. Avaliação fitotécnica e econômica de cultivares de soja em áreas de reforma de cana-de-açúcar, na região Norte Fluminense. 2006. 80p. Tese (Doutorado). Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias. Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, 2006.

MASCARENHAS, H, A, A.; TANAKA, R, T.; WUTKE, E, B.; Informações técnicas – Nitrogênio: A soja aduba a lavoura de cana, O agronômico, p.12-13, Campinas, v.57, n.1, 2005.

MAURO, A.O.; COSTA, L.C.; PERECIN, D. Análises genéticas no desenvolvimento de variedades de soja para cultivo em áreas de reforma de canavial. Revista Ceres, v.46, n.266, p.423-433, 1999.

PELUZIO, J.M.; AFFÉRRI, F.; MONTEIRO, F. J. F.; MELO, A. V.; PIMENTA, R. S. Adaptabilidade e estabilidade de cultivares de soja em várzea irrigada no Tocantins. Revista Ciência Agronômica, 41:427-434, 2010.

RIGON, J. P. G.; CAPUANI, S.; BRITO NETO, J.F.; ROSA, G. M.; WASTOWSKI, A. D. RIGON, C. A. G. Dissimilaridade genética e análise de trilha de cultivares de soja avaliada por meio de descritores quantitativos. Revista Ceres, Viçosa, v. 59, n. 2, p.233-240, 2012.

ROCHA, R. S.; José Algaci Lopes da Silva3, Josynaria Araújo Neves4, Tuneo Sediyama5 e Rita de Cássia Teixeira5. Desempenho agronômico de variedades e linhagens de soja em condições de baixa latitude em Teresina-PI. Rev. Ciênc. Agron., v. 43, n. 1, p. 154-162, 2012.

SEDIYAMA, T; TEIXIRA, R.C; BARROS, H. B. – Cultivares in: Tecnologia de produção de usos de soja, Londrina: Mecenas, 2009, p.314.

SILVA, V. A. S.; JULIATTI, F. C.; SILVA, L. A. S. Interação entre resistência genética parcial e fungicidas no controle da ferrugem asiática da soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n. 9, p.1261-1268, 2007.

TANIMOTO, O. S. Plantio direto de soja sobre a palhada de cana-de-açúcar. Campinas: CATI, 2002. 18 p. (Impresso Especial).

TIMOSSI, P. C.; DURIGAN, J. C. Manejo de convolvuláceas em dois cultivares de soja semeada diretamente sob palha residual de cana crua. Planta Daninha, v. 24, p. 91-98, 2006.

UNÊDA-TREVISOLI, S.; H. CARDOSO, G.; K.; R.; DI MAURO, A.; O.; BLAT, S.; F.; BARBÁRO. I.; M.; PINHEIRO, J.; B.; FERREIRA, A.; N. Avaliação de cultivares de soja precoce para cultivo em áreas de reforma de cana-de-açúcar. Ciência e tecnologia: FATEC JB, Jaboticabal-SP, v.1, n.1, p.50-57, 2010.

URBEN FILHO, G.; SOUZA, P. I. de M. Manejo da Cultura da soja sob cerrado: época, densidade e profundidade de semeadura. In: ARANTES, N. E.; SOUZA, P. I. de M. Cultura da soja nos cerrados. Piracicaba: Associação Brasileira Para Pesquisa da Potassa e Fosfato, 1993, p.267-298.

Publicado

20/12/2014

Como Citar

SELESTRINO, P. R.; TREVISOLI, S. H. U.; DA SILVA, F. M.; PEREIRA, E. de M.; VAL, B. H. P. PERFORMANCE AGRONÔMICA DE GENÓTIPOS PRECOCES DE SOJA DESTINADOS A ÁREAS DE REFORMA DE CANAVIAL. Ciência & Tecnologia, [S. l.], v. 6, n. 1, 2014. Disponível em: https://citec.fatecjab.edu.br/index.php/citec/article/view/47. Acesso em: 27 fev. 2021.

Edição

Seção

Agronomia e Enga. Agrícola e Meio Ambiente e Agrárias