BIOMETRIA DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR NO AMBIENTE DE PRODUÇÃO DA FAEXP NA UEMG UNIDADE ITUIUTABA-MG

Autores

Palavras-chave:

Sacarose. Etanol. Energia. Sucroenergia. Maturação.

Resumo

As análises biométricas desempenham um papel crucial na avaliação do crescimento e maturação da cana-de-açúcar. Essas análises envolvem a medição quantitativa e avaliação de diversos parâmetros físicos, como altura da planta, número de folhas, diâmetro do colmo, entre outros. Essas avaliações são essenciais para obter informações sobre o progresso do desenvolvimento e os estágios de maturação das plantas de cana-de-açúcar. Assim esta pesquisa levou em consideração nove variedades de cana-de-açúcar que foram plantadas na Fazenda experimental da Universidade do Estado de Minas Gerais (FAEXP – UEMG), que foram coletadas com 343 dias após o plantio (d.a.p.). Foram analisados Número de folhas secas, Número de folhas verdes, Comprimento do colmo (cm), Comprimento do palmito (cm), Diâmetro da ponta (mm), Diâmetro da base (mm), Números de nós, Número de entrenós, Brix da base, Brix da ponta e Índice de maturação. Houve resultados significativos para todos os parâmetros, exceto para o índice de maturação, o que indica que devido suas características varietais, estas apresentam características de desenvolvimento diferentes, e devem ser manejadas de para que apresentem um maior acúmulo de sacarose, favorecendo o processamento industrial e a produção de açúcar, etanol e energia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, M. H. P. Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (Ridesa). UFV notícias. 2023. Disponível em: https://www2.dti.ufv.br/noticias/scripts/exibeNoticiaMulti.php?codNot=39810#:~:text=Como%20essa%20variedade%20tem%20muito,no%20Brasil%20e%20no%20mundo. Acesso em: 04 jan. 2023

BARBOSA, JC; MALDONADO W JÚNIOR. Experimentação Agronômica & AgroEstat – Sistema para Análises Estatísticas de Ensaios Agronômicos. FUNEP, 2015. Brasil.

CTC – Centro de Tecnologia Canavieira. 2005. Manual de controle químico da fabricação de açúcar. Piracicaba: Editora CTC.

FRANCO HCJ; DURRANT-SILVA V; FERNANDES AM; OTTO R, VITTI AC. Parâmetros Biométricos para Monitoramento do Estado de Nitrogênio e Predição de Produtividade da Cana-de-Açúcar. Revista de Agronomia, 2021. 113(3), 2276-2287.

MAITTO CAPUTO, M.; DE ALMEIDA SILVA; M., GOMES FERREIRA DE BEAUCLAIR, E.; DE CASTRO GAVA, G. J. Acúmulo de sacarose, produtividade e florescimento de cana-de-açúcar sob reguladores vegetais. Interciência, 200732(12), 834-840.

MOURA, P. C. S. Correlações entre variáveis morfológicas, fisiológicas e tecnológicas na maturação da cana-de-açúcar. 2016.

REIS GG; SOUZA ZM; COSTA EG; SILVA FH; CECON PR. Parâmetros Biométricos para Seleção Precoce de Famílias de Cana-de-Açúcar na Fase de Muda. Genética e Pesquisa Molecular, 2018.17(3).

SANTOS, Danrlei Carvalho dos. (2020). Características agronômicas, morfométricas e valor nutritivo de diferentes cultivares de cana-de-açúcar. Itapetinga: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 73 fl.

XAVIER, A; DA SILVA, JV; FARIAS, GA; DE ALMEIDA, MR; DOS SANTOS E. Parâmetros Biométricos para Avaliação do Crescimento e Produtividade da Cana-de-Açúcar. Tecnologia de Açúcar, 2020. 22(6), 759-769.

Downloads

Publicado

12/12/2023

Como Citar

ROVIERO, J.; MILLENA DE FREITA, C. .; LIMA FERREIRA, C. BIOMETRIA DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR NO AMBIENTE DE PRODUÇÃO DA FAEXP NA UEMG UNIDADE ITUIUTABA-MG . Ciência & Tecnologia, [S. l.], v. 13, n. 1, p. e1318, 2023. Disponível em: https://citec.fatecjab.edu.br/index.php/citec/article/view/318. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Simpósio - Biocombustíveis e Química