RACISMO INDIVIDUAL, ESTRUTURAL OU INSTITUCIONAL? o caso da rede de supermercados Carrefour

Autores

  • Ali Antonio Abrão Junior Fatec Itaquaquecetuba - Centro Estadual De Tecnologia Paula Souza

DOI:

https://doi.org/10.52138/citec.v15i1.291

Palavras-chave:

Racismo. Instituição. Individuo.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo geral analisar os principais pontos de racismo ocorridos na rede de supermercados Carrefour, desta forma, este artigo tem como objetivos específicos realizar uma diferenciação dos tipos de racismo e injúria racial existentes no nosso ordenamento jurídico brasileiro, procurando entender qual crime se encaixa a rede Carrefour, bem como, entender por que esta rede de supermercados está envolvida em constantes casos de racismo e mortes de pessoas pretas. A metodologia de pesquisa está no método indutivo, por meio de pesquisa bibliográficas, descritiva e exploratória e estudos de casos que foram noticiados através da mídia. Como resultado alcançado está à análise de casos que permitam concluir que o racismo, deve ser tratado de forma individual apesar da instituição Carrefour estar sempre envolvida nestes tipos de casos polêmicos, entende-se que as instituições são racistas, tendo em vista que a sociedade é racista, reproduzindo através de seus colaborados e não criados pelas instituições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Silvio Luiz de. O que é racismo estrutural? Belo Horizonte Letramento, 2018.

BRASIL. Decreto-Lei 2.848, de 07 de dezembro de 1940. Código Penal. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, 31 dez. 1940.

BRASIL. Lei 7.716, de 05 de janeiro de 1989. Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, 31 dez. 1940.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988.

BULHÕES, R. Professora tira roupa em forma de protesto contra racismo em supermercado; vídeo Isabel chegou a ligar para a Delegacia, porém disseram que “o segurança andar pelo mercado não se configura como racismo" O liberal.com, 2023. Disponível em: https://www.oliberal.com/brasil/professora-tira-roupa-em-forma-de-protesto-contra-racismo-em-supermercado-video-1.666898. Acesso em: 16 jun. 2023

CARREFOUR fecha acordo de R$ 115 milhões para ações de combate ao racismo após morte de João Alberto. G1 RS, 12 junho 2021. Disponível em: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2021/06/12/carrefour-fecha-acordo-de-r-115-milhoes-apos-morte-de-joao-alberto-em-supermercado-no-rs.ghtml. Acesso em: 16 jul. 2023.

CRI. Articulação para o Combate ao Racismo Institucional. Identificação e abordagem do racismo institucional. Brasília: CRI, 2006.

ERLICH, F. A resposta do Carrefour a (mais um) caso de racismo no mercado. Veja, 10 abr. 2023. Disponível em: https://veja.abril.com.br/coluna/radar-economico/a-resposta-do-carrefour-a-mais-um-caso-de-racismo-no-mercado/. Acesso em: 16 jul. 2023.

JACCOUD, Luciana; THEODORO, Mário. Raça e educação: os limites das políticas universalistas. In: SANTOS, Sales Augusto dos. Ações Afirmativas e combate ao racismo nas Américas. Brasília: SECAD/UNESCO, 2005, p. 105-120.

MADEIRA, Maria Zelma de Araújo; MEDEIROS, Richelly Barbosa de. Racismo estrutural e desafios dos movimentos negros na contemporaneidade. In: Dimensões da crise brasileira: dependência, trabalho e fundo público. Org. Epitácio Macário, et al. Fortaleza: UECE, 2018.

MARIDO de Fabiana, da Seleção Brasileira de vôlei, acusa rede de supermercados de racismo. Terra, 9 abr. 2023. Acesso em: https://www.terra.com.br/nos/marido-de-fabiana-da-selecao-brasileira-de-volei-acusa-rede-de-supermercados-de-racismo,6413d3b405842f52fc4b9a8cf2f35621ctfznqzy.html. Acesso em: 16 jul. 2023.

SEGURANÇAS que agrediram vigilante em supermercado são indiciados. G1, São Paulo, 04 fev. 2011. Disponível em: https://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/02/segurancas-que-agrediram-vigilante-em-supermercado-sao-indiciados.html. Acesso em: 16 jul.2023.

SCHWARCZ, Lilia Moritz; GOMES, Flávio dos Santos (Eds.), Dicionário da escravidão e liberdade: 50 textos críticos. Editora Companhia das Letras. 2018.

VIEIRA, B. M. Cliente acusa Carrefour de racismo e discriminação após ser agredido por funcionários em SP. G1 SP, São Paulo, 19 mar. 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/03/19/cliente-acusa-carrefour-de-racismo-e-discriminacao-apos-ser agredido-por-funcionarios-em-sp-veja-video.ghtml. Acesso em: 16 jul. 2023.

Downloads

Publicado

04/12/2023

Como Citar

ABRÃO JUNIOR, A. A. RACISMO INDIVIDUAL, ESTRUTURAL OU INSTITUCIONAL? o caso da rede de supermercados Carrefour . Ciência & Tecnologia, [S. l.], v. 15, n. 1, p. e15110, 2023. DOI: 10.52138/citec.v15i1.291. Disponível em: https://citec.fatecjab.edu.br/index.php/citec/article/view/291. Acesso em: 23 fev. 2024.