TAXA DE INFILTRAÇÃO DA ÁGUA NO SOLO SOB CULTIVO DE CANA-DE-AÇÚCAR, EM FUNÇÃO DA INCORPORAÇÃO DE DIFERENTES RESÍDUOS

Autores

  • Fabio Olivieri de Nobile Doutor em Ciência do Solo pela UNESP/Campus de Jaboticabal. Docente do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB). Engenheiro Agrônomo.
  • Joao Antonio Galbiatti Livre Docente pela UNESP/Campus de Jaboticabal. Docente do Universidade Estadual Paulista (UNESP). Engenheiro Agrônomo.
  • Paloma Helena da Silva Libório Graduanda em Engenharia Agronômica no Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB).
  • Ivana Marino Bárbaro Pesquisadora da Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Engenheira Agrônoma.

Palavras-chave:

Composto de lixo, Biofertilizante, Resíduo do processamento da bauxita, Água residuária, Taxa de infiltração, Cana-de-açúcar

Resumo

Ao longo dos anos o consumo de água aumentou e seu uso indiscriminado faz com que sua qualidade na natureza diminua a cada instante. O presente trabalho foi realizado no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Campus de Jaboticabal – UNESP e teve como objetivo estudar o impacto da incorporação de resíduos a um solo de textura arenosa e da aplicação de água residuária na qualidade da água percolada. Os resíduos foram incorporados em colunas de PVC com 48 cm de altura e 30 cm de diâmetro, o delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, seguindo esquema fatorial com 2 tipos de água x 5 tratamentos. Os tratamentos foram controle, adubação mineral, resíduo do processamento da bauxita, biofertilizante e composto de lixo urbano, sob irrigação com água de poço artesiano e água residuária doméstica. Com exceção do tratamento contendo resíduo do processamento da bauxita, os demais tratamentos apresentaram maiores intervalos de tempo para infiltração utilizando irrigações com água oriunda de poço artesiano e respectivamente menor intervalo de tempo com água residuária doméstica. Para ambos tratamentos contendo resíduo do processamento da bauxita, houve tendência de aumento no intervalo de tempo para infiltração da água. De acordo com os resultados obtidos, no tratamento com adubação mineral foi verificado a maior massa de matéria seca das raízes com 118,80 g vaso-1.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGNE, S. A. A.; KLEIN, V. A. Matéria orgânica e atributos físicos de um Latossolo Vermelho após aplicações de dejeto de suínos. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.18, n.7, p.720–726, mai, 2014.

ANDRADE, L. C.; ANDREAZZA, R.; CAMARGO, F. C. O. Atividade microbiana em solos sob doses de lodo de estação de tratamento de efluentes de um aterro industrial. Ciência Rural, Santa Maria, v.46, n.2, fev, 2016.

BEGON, M.; TOWNSEND, C. R.; HARPER, J. L. Ecology: From individuals to ecosystems. 4.ed. United Kingdom: Blackwell Publishing, 2006.

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; MANTOVANI, E. C. Manual de irrigação. 8. Ed. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2006.

BERTOL, I.; BEUTLER, J. F.; LEITE, D.; BATISTELA, O. Propriedades físicas de um Cambissolo Húmico afetadas pelo tipo de manejo do solo. Scientia. Agrícola., Piracicaba, v.58, p. 555-560, nov., 2001.

BERTOL, I.; SCHICK, J.; MASSARIOL, J. M.; REIS, E. F. dos; DILY L. Propriedades físicas de um cambissolo húmico álico afetados pelo manejo do solo. Ciência Rural, Santa Maria, v. 30, n.1, p.91-95, nov., 2000.

BÖHM, W. Methods of studying root systems. Berlin: Springer-Verlag, 1979.

BONO, J. A. M.; MACEDO, M. C. M.; TORMENA, C. A.; NANNI, M. R.; GOMES, E. P.; MÜLLER, M. M. L. Infiltração de água no solo em um Latossolo vermelho da região sudoeste dos cerrados com diferentes sistemas de uso e manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Brasília, v.36, p. 1845-1853, fev., 2012.

BRANDÃO, V.S.; CECILIO, R.A.; PRUSKI, F.F. & SILVA, D.D. Infiltração da água no solo. 3.ed. Viçosa, MG, Universidade Federal de Viçosa, 120p. 2006.

Ciência & Tecnologia: FATEC-JB, Jaboticabal (SP), v. 9, n. 1, p. 25-37, 2017. (ISSN 2178-9436).

BRASIL. Ministério da Agricultura. Secretária Nacional de Defesa Agropecuária. Manual de métodos analíticos oficiais para fertilizantes e corretivos. Brasília: Coordenação-Geral de Apoio Laboratorial, 2014.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA — EMBRAPA. Manual de métodos de análises de solo. 2.ed. Rio de Janeiro, Ministério da Agricultura e do Abastecimento, 1997. 212p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA — EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Brasília: Editora Atlas, 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Departamento de Cartografia. Carta do Brasil: Jaboticabal, Taiúva e Pitangueiras. São Paulo; 1971. Escala 1:50.000.

LI, Y. X.; TULLBERG, J. N.; FREEBAIRN, D. M.; LI, H. W. Functional relationships between soil water infiltration and wheeling and rainfall energy. Soil & Tillage Research, v. 104. p. 156–163, 2009.

LIU, H., LEI, T. W., ZHAO, J., YUAN, C.P., FAN, Y. T., QU, L. Q. Effects of rainfall intensity and antecedent soil water content on soil infiltrability under rainfall conditions using the run off-on-out method. Journal of Hydrology, v. 396. p. 24-32. 2011.

MARCHINI, D. C.; LING, T. C.; ALVES, M. C.; CRESTANA, S.; SOUTO FILHO. S. N.; ARRUDA. O. G. Matéria orgânica, infiltração e imagens tomográficas de Latossolo em recuperação sob diferentes tipos de manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.19, n.6, p.574–580, 2015.

NOBILE, F. O. Irrigação com duas qualidades de água e tipos de fertilizações no solo e em de cana-de-açúcar. 2009. 153p. Tese (Doutorado). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal.

NOBILE, F. O.; GALBIATTI, J. A.; MURAISHI, R. I. Impacto de águas de irrigação e resíduos de diferentes origens nos teores de micronutrientes no solo e na cana-de-açúcar. Nucleus, Ituverava, v.9, n.1, p. 7-16, 2012.

NORTON-BRANDÃO, D.; SCHERRENBERG, S. M.; LIER, J. B. VAN. Reclamation of used urban waters for irrigation purposes - A review of treatment technologies. Journal of Environmental Management, v. 122, p. 85-98, 2013.

NOVAIS, R. F; BARROS, N. F.; FONTES, R. L.; CANTARUTTI, R. B.; NEVES, J. C. L. Fertilidade do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007.

RAIJ, B. van.; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J. A.; FURLANI, A. M. C. Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo (Boletim Técnico 100). Campinas: Instituto Agronômico, 1997.

RAIJ, B. van; ANDRADE, J. C.; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J.A. Análise química para avaliação da fertilidade de solos tropicais. Campinas: Instituto Agronômico, 2001.

SAS INSTITUTE (Cary, Estados Unidos). SAS user’s guide. Cary, 1999. 595 p.

Ciência & Tecnologia: FATEC-JB, Jaboticabal (SP), v. 9, n. 1, p. 25-37, 2017. (ISSN 2178-9436).

SILVA, A. S. Propriedades físicas e químicas do solo, sistema radicular e profundidade do milho sob diferentes sistemas de manejo na microrregião de Guarabira-PB. 2002. 80p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias, Areia.

SILVA, J. C. A.; ANDRADE, A. P.; SILVA, I. F. Avaliação da infiltração da água no solo como indicador de modificações edáficas em três sistemas de manejo. Agropecuária Técnica, Paraíba, v.27, n.2, p.85–91, 2006.

UNESCO. United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization, 2016. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0021/002154/215491por.pdf. Acesso em: 22 de julho de 2016.

Publicado

20/12/2017

Como Citar

DE NOBILE, F. O.; GALBIATTI, J. A.; LIBÓRIO, P. H. da S.; BÁRBARO, I. M. TAXA DE INFILTRAÇÃO DA ÁGUA NO SOLO SOB CULTIVO DE CANA-DE-AÇÚCAR, EM FUNÇÃO DA INCORPORAÇÃO DE DIFERENTES RESÍDUOS. Ciência & Tecnologia, [S. l.], v. 9, n. 1, 2017. Disponível em: https://citec.fatecjab.edu.br/index.php/citec/article/view/22. Acesso em: 31 jul. 2021.

Edição

Seção

Agronomia e Enga. Agrícola e Meio Ambiente e Agrárias